Chutando o Balde

Quem nunca ouviu a expressão “chutar o balde”? Mas o que seria “chutar o balde”? O que o chute ou o balde tem a ver com nossa vida?

Não sei onde começou essa expressão, mas sei que somos convidados a “chutar o balde” sempre.

No meu entendimento, “chutar o balde” é uma linguagem informal que pode significar: desistir, abandonar, retroceder, jogar tudo pra cima, não se importar com mais nada…

Com isso, andei pensando:

Quais personagens na Bíblia já tiveram vontade de chutar o balde?

Confesso, meu nome não está na Bíblia, mas se criassem um livro com nome de pessoas que já tiveram vontade de chutar o balde, meu nome estaria lá, ainda mais se colocassem os nomes em ordem alfabética.

E você, já teve vontade de “chutar o balde”?

Seu nome estaria neste livro?

Penso: Ninguém decide chutar o balde de uma hora para outra. Tudo começa a ser maquinado para então chutarmos esse balde, ou melhor, darmos um chute em nossa vida. Essa vida que, às vezes, parece estar escapando das nossas mãos.

Quantos “baldes” já não chutamos em nossa caminhada?

Muitos chutam, depois pensam e voltam para buscar…

Parabéns para essas pessoas!

Não sei se está entendendo a mensagem que quero transmitir, mas para que fique mais claro, no lugar do balde, coloque seu casamento, seus filhos, seus sonhos, sua profissão, sua família, sua igreja, seus amigos, seus problemas…

Talvez você esteja querendo “chutar” algumas dessas realidades, jogar pra longe de você, mas estou aqui para dizer que não é prudente tomar uma atitude dessas.

Esse balde que você quer “chutar” pode estar trazendo aprendizado, concedendo domínio próprio, somando experiência de vida. E, mesmo que pareça ser um problema, você verá a benção de Deus em tudo, se houver a disposição de renovar a mente (Efésios 4.22-23).

Sim, é necessário nos despojar do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano…

E nos revestir do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.

É um novo proceder…

Demonstrado em atitudes de renúncia, tais como: sentar com este “balde”, pedir perdão, se necessário, olharmos para ele com o amor de Cristo. É vermos prudentemente como estamos andando, não como néscios, mas como sábios, remindo o tempo; porquanto os dias são maus. (Efésios 5.15-16)

Tais ações nos farão entender qual a vontade do Senhor (vr.17).

Teremos nossos olhos abertos para em tudo sermos agradecidos!

Que Deus nos conceda graça e misericórdia nestes dias que desejarmos “chutar o balde”!

Que retire de nossos olhos e do nosso coração todo engano para contemplarmos, com gratidão, as bênçãos em nosso casamento, nos nossos filhos, nos nossos sonhos, na nossa profissão, na família, na igreja, nos amigos…

Na vida que temos vivido…

Se chutastes algum “balde”, busque-o e veja o que Deus poderá fazer!

Um forte abraço de alguém que já pensou em chutar o balde, mas que está firme, cuidando-se para não cair!

Há, ligue para alguém que está pensando fazer isso, de uma palavra de Deus para eles.

Tem muitos baldes ai que precisam ser recolhidos.

Seja um recolhedor de balde. Deus vai te honrar!

http://www.alyssonbfilemon.blogspot.com/