Pr. Armando Martins

Vivendo Abundantemente

Últimos Artigos

Somos tão Jovens…

pessoa-triste-2

Nestes dias tenho estado muito pensativo. Tenho pensado especialmente em um grupo de pessoas: Os Jovens!!

Neste momento em nosso país estamos atravessando um dos momentos mais críticos  na questão da Moral, Ética e Social.

Como gerar desafios para eles se os que deveriam fazer isso estão roubando as esperanças e os sonhos, estão de maneira criminosa ceifando a continuidade de seus ideais.

(mais…)

Chutando o Balde

chutando-o-balde

Quem nunca ouviu a expressão “chutar o balde”? Mas o que seria “chutar o balde”? O que o chute ou o balde tem a ver com nossa vida?

Não sei onde começou essa expressão, mas sei que somos convidados a “chutar o balde” sempre.

No meu entendimento, “chutar o balde” é uma linguagem informal que pode significar: desistir, abandonar, retroceder, jogar tudo pra cima, não se importar com mais nada…

(mais…)

A verdade sobre as Ofertas e Dízimos

Tenho observado neste últimos tempos, a quantidade de pessoas que tem deixado de Dizimar na casa do Senhor por falta de conhecimento do assunto ou porque tem dado crédito a mentiras vinculadas através das redes sociais e outros canais.

Recebi recentemente um estudo muito interessante que julgo necessário divulgar para ajudar aos desinformados e também os maliciosos espalhados em nossas Igrejas.

Me ajude a espalhar e divulgar este tema.

Deus te abençoe muitíssimo.

Acesse o link abaixo.

Dízimo, uma questão de Amor.

Desconstruindo Conceitos Errados

conceitoerrado

A religiosidade o materialismo e outros conceitos modernos tem sido usados como ferramentas destrutivas de uma sociedade. A igreja moderna como a conhecemos, tem recebido a influência destes conceitos. No capítulo 18 de Jeremias podemos observar o momento que Deus chama o profeta ao arrependimento.

O ensinamento é simples: descer a casa do Oleiro para ser reparado, desconstruído, moldado, alterado, transformado. Mas será que estamos dispostos a trocar o conforto pela presença de Deus? É uma pergunta que tem ecoado no coração de muitas pessoas.

Desconstruir é um processo doloroso e trabalhoso. Ao longo de nossa caminhada com Cristo, temos aprendido sobre valores errados e distorcidos a cerca do Deus maravilhoso que servimos.

Nestes dias gostaria de desafiar o amado leitor a pensar neste assunto e refletir sobre possíveis mudanças de comportamento. Que o nosso Senhor Jesus Cristo te abençoe.

 

Graça e Paz.